SWF file not found. Please check the path.

Perseptom conquista FEMUPO 2009

Perseptom conquista FEMUPO 2009 A final da edição 2009 do Festival de Música Popular Brasileira de Barueri (FEMUPO), realizada em 22 de agosto, indicou como vencedor o grupo Perseptom Banda Vocal, nas categorias “Prata da Casa” e “Aclamação Popular”. Os músicos interpretaram a canção Impossível – de autoria do compositor, cantor e guitarrista Roney Giah – a capela, sem o acompanhamento de instrumentos. A composição integrará o CD “Co´as goelas e tudo”, de Roney Giah e Perseptom, que tem lançamento previsto para o segundo semestre de 2010.

São Paulo, 25 de agosto de 2009 – O encontro musical dos sete integrantes do grupo Perseptom Banda Vocal com o compositor, cantor e guitarrista Roney Giah resultou na conquista da edição 2009 do Festival de Música Popular Brasileira de Barueri (FEMUPO), nas categorias “Prata da Casa” e “Aclamação Popular”. Unindo a técnica do beat box (percussão vocal) com impecáveis timbres vocais para obter a sonoridade de uma banda inteira, o grupo Perseptom apresentou a música Impossível, composição de Giah, e foi aclamado vencedor da disputa. Realizado pela Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri – no sábado (22/8), no Centro Cultural de Barueri, em São Paulo – o FEMUPO reuniu compositores, arranjadores, intérpretes e bandas em torno da iniciativa de difundir a produção da música popular. Criado em 1977 e em sua 13ª edição, o festival contou com mais de 500 composições inscritas. Roney Giah prepara dois lançamentos para 2010. No primeiro semestre, lançará o CD “Queimando a moleira” que está em fase de finalização e teve o apoio da Lei Mendonça. A música Impossível, integrará o CD “Co´as goelas e tudo”, de Roney Giah e Perseptom, que tem lançamento previsto para o segundo semestre de 2010. Segundo Giah, “o primeiro lugar é o resultado da amizade e da alegria que está nascendo nos ensaios para esse novo CD”.

Perseptom Banda Vocal Os músicos do Perseptom – Eloíza e Estela Paixão, Cris Santos, Aníbal e Valter Macário, Diego de Jesus e Du Machado – há quatro anos dedicam muitas horas de estudo e ensaios para aprimorarem sua arte. O resultado dessa dedicação pode ser conferido no primeiro CD, “Brasil A Capela”, lançado pelo selo Paulus. Em 13 faixas, os músicos interpretam clássicos da MPB com perfeitos e criativos arranjos a capela (técnica que dispensa o uso de instrumentos). Ecléticos, trazem no repertório Alceu Valença, Chico César, Adoniran Barbosa, Tim Maia, Dorival Caymmi e Djavan, com destaque para uma faixa inédita, de autoria de Aníbal Macário. Indicado ao Prêmio Tim 2007, na categoria Grupo Vocal, o CD de estréia conquistou o segundo lugar no prêmio internacional Contemporary A Cappella Society of America (CARA), nas categorias Melhor Álbum de World Music e Melhor Música de World Music (arranjo da música Anunciação, de Alceu Valença). Vindos de escolas religiosas – a maior parte aprendeu a cantar em igrejas – os músicos do Perseptom têm conquistado admiradores de diferentes vertentes musicais. O cantor e compositor Chico César, depois ouvir o grupo em um festival, convidou-o para uma participação especial no CD Amídalas. A admiração foi mútua e os músicos do Perseptom convidaram Chico Cesar para gravar a faixa À primeira vista no CD “Brasil A Capela”. Em 2004, o grupo fez back vocal para Gal Costa, no Credicard Hall.