SWF file not found. Please check the path.

Indicado ao The Musicoz Award, na categoria “ International Artist”

Indicado ao The Musicoz Award, na categoria “ International Artist”
Com as canções Amar com E e Time is so still”, o músico Roney Giah foi indicado ao The Musicoz Award, na categoria “ International Artist”. Em sua nona edição, o prêmio – que tem sede na Austrália e concede mais de US$ 200 mil em contratos e turnês internacionais – tem por objetivo destacar artistas em ascensão no cenário da música independente internacional. O anúncio dos premiados será em 26 de março de 2010, no The Sydney Town Hall, na Austrália.

São Paulo, 3 de março de 2010 – Destinado a destacar artistas independentes em ascensão no cenário musical internacional, o The Musicoz Award indicou o brasileiro Roney Giah à edição 2010, na categoria “International Artist”. O compositor, cantor e guitarrista recebeu a indicação com as canções “Amar com E” e “Time is so still”. A nona edição do The Musicoz Award – uma das principais premiações da indústria fonográfica australiana –, concederá aos ganhadores mais de US$ 200 mil em contratos e turnês internacionais. Os nomes dos cinco finalistas de cada uma das 17 categorias serão divulgados em 9 de março e os vencedores serão anunciados em 26 de março de 2010, no The Sydney Town Hall, na Austrália. Mais informações sobre o The Musicoz Award podem ser obtidas no site www.musicoz.org

Roney Giah tem consolidado a carreira no exterior por meio de contratos de comercialização das músicas e premiações internacionais de suas composições. Antes de ser lançada oficialmente, por exemplo, a composição Time is so still – que integra o CD “Queimando a moleira”, a ser lançado em abril de 2010 – rendeu ao músico brasileiro uma importante distinção internacional: a Menção Honrosa do Billboard World Song Contest, premiação criada pela revista norte-americana Billboard, considerada a “Bíblia” da música. Em 2008, Roney Giah foi o único músico brasileiro a receber Menção Honrosa do The John Lennon Songwriting Contest – que tem a curadoria de Yoko Ono e júri formado pelos músicos Carlos Santana, Wyclef Jean, Fergie (Black Eyed Peas), John Legend, Al Jareau, Bob Weir (Grateful Dead), Lamont Dozier e Natasha Bedingfield – na categoria World, pela música Amar com E, que integra o CD Mais dias na Terra.

Em 2008, o músico foi convidado a participar da trilha sonora do filme norte-americano No pain, no gain e assinou um contrato com a gravadora inglesa ASTRANOVA Records para o lançamento da coletânea Yesterday´s tomorrow. Para a divulgação, a gravadora produziu podcasts shows disponibilizados em 107 países. Yesterday’s tomorrow, que é comercializado pelo I Tunes, reúne sete faixas do cd Semente (1998), seis faixas do cd Mais dias na Terra (2006) e uma faixa bônus produzida com exclusividade para a ASTRANOVA. O interesse da gravadora ocorreu após Roney Giah ter as músicas Amar com E e A chuva – do álbum Mais dias na Terra –, indicadas ao Track of the day pelos usuários do site Garage Band (www.garageband.com), portal de música norte-americano que tem a curadoria de George Martin, ex-produtor dos Beatles.

Em 2009, Roney Giah passou a integrar o portfólio do Jingle Punks, e-business musical que atua como um banco de dados de música independente. Com sede em Nova York, o Jingle Punks, dirigido por Jared Gutstadt e Daniel Demole, foi eleito pela revista norte-americana Business Week (2009), como um dos novos negócios mais promissores dos Estados Unidos. Com a parceria, a obra do compositor, cantor e guitarrista brasileiro está sendo disponibilizada para compor trilhas de filmes, séries de tevê e web. Entre os clientes do Jingle Punks estão as redes NBC, CBS, Viacom, Comedy Central, Vh1, MTV, Bravo, TLC, Starz e History Channel and A&E. Além de atender à indústria do entretenimento, a empresa tem contratos com agências de publicidade e branding.

As notícias sobre as premiações e parcerias com gravadoras foram publicadas pelos jornais e portais de notícias dos principais jornais dos Estados Unidos e Europa como New York Times, Washington Post, Herald Tribune, Hollywood Reporter, Msnbc, The Earth Times.